segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Mamoplastia – A cirurgia de reparação das mamas

A mamoplastia é a campeã em cirurgias estéticas. Possibilita aumentar, reduzir ou elevar os seios realçando a beleza feminina e elevando a auto-estima. No Brasil, aproximadamente 70% das cirurgias plásticas são relacionadas às mamas. Segundo a Organização Mundial de Saúde, cada vez mais mulheres optam em reduzir ou aumentar as mamas e o número de mulheres jovens cresce a cada ano.

Vamos saber um pouco mais sobre a mamoplastia.

Também conhecido como mastopexia, mastoplastia ou mamoplastia redutora, é um tipo de cirurgia indicada para melhorar a forma da mama e na prevenção de problemas na coluna, no caso de mulheres com mamas muito grandes e pesadas. Nessa caso, as mamas ficam desproporcionais com o corpo causando além dos problemas físicos, problemas de auto-estima das mulheres.

A cirurgia serve para melhorar o formato, harmonizando a aparência e elevando a auto-estima. Para essa cirurgia, é feita uma incisão em forma de “T”,”L” ou “I”, conforme o formato da mama, para a redução do tecido mamário, do excesso de pele e gordura, além do reposicionamento da auréola. A cirurgia demora de duas a cinco horas, com o tempo de internação de 24horas. A retirada dos pontos vai depender do tipo de incisão, que gira em torno de sete a dez dias. A cicratiz vai depender do estilo da incisão, porém elas geralmente são discretas, praticamente imperceptíveis.

Os cuidados pré-operatórios são de extrema importância. Quem for se submeter a cirurgia, deve além dos exames, evitar medicamentos a base de ácido acetilsalicílio, como AAS, Aspirina, Doril, não fumar e nem ingerir álcool por 15 dias, além dos cuidados indicados pelo cirurgião. No pós-operatório, a paciente deve evitar esforços físicos, exposição ao sol e utilizar as malhas cirúrgicas quando indicadas pelo cirurgião.

Fontes – Secretaria de Saúde / Turismo Cirúrgico Brasil


Um comentário:

  1. quanto custa o valor ? aonde é a clinica ? é pra minha mãe

    ResponderExcluir